Angiologista.org

Necrose de pele por cumarnicos

Dr. Hugo Coelho Neves - 10 de outubro de 2011

COMPARTILHE:

O uso da medicação cumarínica pode causar comprometimento da microcirculação e necrose do tecido cutâneo. É uma complicação pouco frequente, que acomete principalmente mulheres idosas e obesas.

No início do tratamento com anticoagulantes, geralmente entre o 3º e o 10º dia de uso da medicação, surge como um endurecimento avermelhado na pele, em forma de mancha, muito doloroso e, com a evolução de agravamento, ser seguido de hemorragia cutânea local e necrose da região.

Os locais de maior frequência dessa complicação são áreas com maior concentração de tecido adiposo, como: coxas, mamas, parede abdominal, regiào glútea e pernas.

Apesar da patogenia ser pouco clara, a histopatologia mostra um aspecto de arterite necrosante e oclusão trombótica recente em vênulas.

Ao surgir essas manifestações, em casos da anticoagulação ser indicada, é preferível substituir a medicação cumarínica por heparina.

Necrose por Cumarnicos

Referências Blibliográficas:

-Mello N A. Doenças Microcirculatórias da Pele. Rio de Janeiro: Revinter,2002. 268p

-Mello N A: Aula: Necrose de pele por cumarínicos. Curso de Especialização em Angiologia da Esc. Med. Pós-graduação da PUC-Rio, 2010.

-Foto:  KAIBER, Flávia Larissa et al. Trombocitopenia induzida por heparina e necrose cutânea por varfarina: relato de caso. An. Bras. Dermatol. [online]. 2010, vol.85, n.6 [cited  2011-10-10], pp. 915-918 . Available : . ISSN 0365-0596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962010000600024

COMENTE ESTE ARTIGO
NOME:
COMENTÁRIO:
Esta área é exclusiva para comentários. Em caso de dúvidas clique aqui.
  • Youtube
  • Twitter
  • Facebook
  • SIGA-NOS:

Tsuru

desenvolvido pela